Funcionamento: Segunda a Sexta das 09h00 as 19h00
Ligue 11 5571 8777 | Whatsapp: (11) 98920-4546

Grande parte das pacientes tem algum tipo de queixa ou incômodo em relação à como tirar manchas do rosto. Muitas vezes elas aparecem ou se agravam após um longo período exposição ao sol. Tem também aquelas que volta e meia aparecem por conta de alterações hormonais. Na maioria dos casos, a paciente já tentou diversos cosméticos e truques de maquiagem em casa. Mas a solução definitiva parece não existir. E muitas desistem de achar uma solução. Mas ela existe!

 

Entre os tipos de manchas mais frequentes estão as manchas escuras causadas pelo excesso de exposição ao sol e as manchas de melasma.

 

A seguir, vamos entender um pouco sobre os tipos de manchas mais comuns, porquê e como elas aparecem. Logo em seguida, explicaremos sobre o procedimento de como tirar manchas do rosto e ainda rejuvenescer.

 

Manchas de sol

 

Essas manchas são escuras e aparecem nas áreas mais expostas ao sol como nariz e maçãs do rosto, mãos e orelhas. Funciona assim: o sol causa uma inflamação na pele acarretando numa hiperpigmentação. Os melanócitos, que são as células responsáveis pela produção da melanina, são estimulados em demasia. A consequência disso tudo é o aparecimento de manchas escuras.

 

Entre as manchas de sol, existem algumas classificações:

 

Manchas senis ou melanoses:

 

São aquelas que surgem com o passar dos anos, em pessoas mais velhas. São decorrentes do acúmulo de exposição solar ao longo dos anos. Em geral são escuras e arredondadas.

 

Sardas ou efélides:

 

Aparecem em crianças ou peles jovens. Manifestam-se após exposicão intensa ao sol.

 

Melasmas

 

Tipo de mancha escura que aparece principamente na face e em mulheres. A causa não é definida mas está relacionada à alterações hormonais durante a gravidez e quando interrompe-se o tratamento com pílulas anticoncepcionais. Exposição solar e à luz ultravioleta também podem desencadear o aparecimento do melasma. A predisposição genética é um fator a ser levado em consideração.

 

Micropunção elétrica: Como tirar manchas do rosto e rejuvenescer?

 

A novidade no universo da medicina estética é a micronpunção elétrica. Esse procedimento é feito com um equipamento chamado Nanopore Turbo-roller. O aparelho se assemelha com um caneta elétrica que possui microagulhas na ponta.

 

Como rejuvenescer?

 

Sua ação é revolucionária porque através da técnica de “microneedling” (micropunção) consegue melhorar a qualidade da pele em vários aspectos.

As dezenas de micropunções provocadas pelo Nanopore Turbo-roller causa uma série de microlesões na pele. A reação do organismo a essas microlesões é produzir tecido “novo”para preencher os micro-orifícios criados. Junto com o novo tecido é produzido também o colágeno. O resultado, entre outros, é uma pele mais firme, elástica e jovem.

 

Como tirar  manchas do rosto?

 

O processo de tratamento das manchas de sol e do melasma é muito eficiente com o procedimento de micropunção elétrica. As microlesões geradas permitem que ativos despigmentantes atinjam as camadas mais profundas da derme. Além disso, o procedimento é feito de maneira uniforme e com o tamanho de agulha indicado para cada caso. O resultado é um combate às manchas com efeitos mais satisfatórios do que outros procedimentos.

 

Atenção: este procedimento só deve ser feito por um profissional dermatologista capacitado e dentro de um consultório ou clínica médica.

 

Como é o tratamento com micropunção elétrica?

 

Primeiro é utilizada uma pomada anestésica para diminuir a possibilidade do paciente sentir dor. A seguir é definido o tipo de agulha de acordo com a área a ser tratada.

 

Após a sessão, uma máscara com produtos nanoencapsulados é deixada cerca de 4 a 6 horas.

 

No período de recuperação é indicado evitar exposição ao sol. O uso de protetores solares não oleosos ou não alcóolicos são receitados.

 

O número de sessões vai depender da cada caso. Em geral são necessárias de 3 a 6 sessões com intervalo de 4 a 6 semanas entre elas.

 

Os resultados começam a aparecer entre 2 a 3 meses após o tratamento. O processo de produção de colágeno, a neocolangênese, é demorado.

 

Outras indicações da micropunção elétrica:

 

Como dissemos anteriormente, o procedimento de micropunção elétrica promove uma série de melhorias na qualidade da derme, além de ser uma solução de como tirar manchas da pele.. A seguir algumas indicações

 

  • Rejuvenescimento da face
  • Rejuvenescimento do pescoço
  • Rejuvenescimento de orelhas e mãos
  • Combate a flacidez
  • Rugas finas e linhas de expressão
  • Cicatrizes de acne
  • Reduz poros dilatados
  • Manchas de sol
  • Melasmas
  • Tratamento de estrias em diversas áreas do corpo

 

Contra-indicações:

 

Pacientes com doenças de pele ativas como lesões de acne, alergias e inflamações ou infecções não devem fazer o tratamento. O uso de anticoagulante sistêmico é outra contra-indicação, assim como pacientes com tendência a ter quelóides.

 

 

O que são produtos nanoencapsulados?

 

São dermocosméticos que utilizam a nanotecnologia. Esses ativos tem uma grande vantagem pois penetram com mais facilidade e mais rapidamente nas camadas mais profundas da pele. Com isso proporcionam maior eficácia em menor tempo que os dermocosméticos que não utilizam este tipo de tecnologia.

 

O tratamento com micropunção elétrica tem seus efeitos potencializados quando utilizados junto ativos nanoencapsulados.

 

 

Prevenção

 

É importante enfatizar que a melhor maneira de tratar as manchas é atavés da prevenção. As manchas de sol são potencialmente perigosas pois, em alguns casos, podem evoluir para melanomas. Por isso é primordial evitar a exposição solar entre 11 horas e 16 horas, se proteger com filtro solar, chapéus e roupas leves.

Deve-se ainda consultar um dermatologista pelo menos uma vez ao ano para avaliar eventuais pintas com aparência suspeita. As manchas e pintas merecem atenção não somente pela parte estética, mas também pela saúde.  Devemos saber como tirar manchas do rosto e como evitá-las!Cuidem-se!