Funcionamento: Segunda a Sexta das 09h00 as 19h00
Ligue 11 5571 8777 | Whatsapp: (11) 98920-4546

A maioria das mulheres começa a se preocupar cedo com as primeiras manchas, marcas de expressão e rugas do rosto. Porém, acabam negligenciando a área do pescoço. Os cuidados de prevenção da flacidez no pescoço devem ser o mesmo tomados para proteger a pele do rosto. Entre os cuidados está o uso de protetor solar nesta região. Estender o uso de hidratantes e antirugas para a pele do pescoço também é importante.

Caso você já esteja preocupada com os primeiros sinais de flacidez no pescoço, pode ficar tranquila. A medicina estética oferece uma série de tratamentos para reduzir e até eliminar a flacidez do pescoço Esses tratamentos promovem um rejuvenescimento e postergam ao máximo a necessidade de procedimentos mais invasivos como uma cirurgia plástica, por exemplo.

 

A seguir, elencamos os melhores tratamentos estéticos para flacidez no pescoço e que também são usados para tratar a flacidez do rosto:

 

 

Fios de sustentação para flacidez no pescoço:

 

 

Os fios de sustentação absorvíveis são a nova geração de fios que combatem a flacidez no pescoço e no rosto. Além de serem absorvidos pelo organismo, os fios silhouette, como também são chamados, possuem uma dupla ação. Num primeiro momento promovem um efeito lifting da pele do pescoço. Isso ocorre porque os fios possuem microcones que se fixam à camada subcutânea e ao serem puxados, remodelam a pele de maneira bastante natural. Outra novidade é que os fios utilizados são feitos de ácido polilático. O mesmo material utilizado no bioestimulador de colágeno Sculptra. Por isso, num médio prazo, o fio de sustentação no pescoço também estimula a produção de colágeno. Isso promove uma melhora ainda maior no rejuvenescimento da pele do pescoço e papada.

 

O resultado tem um efeito de até 18 meses. Tempo em que os fios de ácido polilático demoram para serem absorvidos naturalmente pelo organismo.

 

Para flacidez no pescoço é recomendado, em geral, 2 pares de fios. São dois fios de cada lado. Um acima e outro mais abaixo. Após a inserção, os fios promovem um acúmulo de pele lateral que vai se acomodando e desaparecendo nos 10 dias subsequentes. O efeito lifting é sentido imediatamente. A produção de colágeno começa 3 meses depois da colocação dos fios.

 

 

Radiofrêquencia para flacidez no pescoço

 

A radiofrequência é feita por um equipamento que gera um calor que vai de 30 a 300 Mhz. A aplicação é feita através da vibração da ponteira, com uma frequência equivalente a frequencia do radio. A frequência é alta, porém o paciente sente somente uma pequena vibração. Essa energia vibratória produz um calor. A temperatura gira em torno de 40 graus. Apesar de ser um calor suportável, não pode deixar num lugar só por muito tempo. Por isso quem aplica deve fazer movimentos com um gel e controlar a temperatura para que não passe dos 40 graus.

 

Esse calor por um tempo aproximado de 15 minutos, provoca uma retração do colágeno. Portanto, é através da retração que se dá o efeito da radiofrequencia para combater a flacidez no pescoço.

 

A principal vantagem da radiofrequência é a sua multifuncionalidade. Um único tratamento traz diversos benefícios e seus resultados são imediatos e também progressivos e duradouros, havendo uma potencialização à medida que se realizam mais sessões.

O efeito imediato se dá logo após a aplicação. A contração das fibras de colágeno e elastina proporcionam um efeito lifting instântaneo. Depois de 14 a 21 dias ocorre a neocolagênese, uma grande produção de colágeno, formando novas fibras, resultando numa pele ainda mais firme e hidratada.

Cada sessão de radiofrequencia para o pescoço dura 40 minutos. São necessárias 5 sessões com intervalo de 15 dias.

 

Bioestimuladores de colágeno para flacidez no pescoço

 

 

Os bioestimuladores de colágeno quando aplicados na região do pescoço proporcionam um espessamento da derme. Isso ocorre porque a substância aplicada estimula o próprio organismo a produzir um colágeno natural.

 

.Essas substâncias são aplicadas através de agulhas finíssimas, causando o mínimo de desconforto. As aplicações são feitas no próprio consultório do dermatologista e possui recuperação bastante tranquila. O paciente pode voltar as atividades normais logo após a sessão.

 

Os resultados dos bioestimuladores de colágeno vem com o passar do tempo, não são imediatos. A substância continua agindo no médio prazo estimulando a produção do colágeno até que seja absorvida pelo organismo. Os bioestimuladores são biocompátiveis e não causam efeitos adversos. Os resultados podem durar até 4 anos a depender da substância utilizada.

 

Os principais bioestimuladores de colágeno são: Sculptra, Radiesse e Ellansé. Este útimo possui uma dupla ação. Ellansé também é preenchedor além de bioestimulador.

 

 

Peelings químicos para flacidez no pescoço

 

Os peelings químicos, além de melhorarem o aspecto da pele e reduzir rugas finas, também funciona para combater as manchas. Ao promover a renovação da pele, o peelig melhora a textura e os efeitos do fotoenvelhecimento.

 

Skinboosters para flacidez no pescoço

 

Skinboosters é um procedimento feito de injeções do ácido hialurônico. Diferente dos dermocosmético que atuam na superfície da pele, os skinboosters atuam nas camadas mais profundas.

 

O tratamento com Skinboosters pode ser feito em diversas regiões do corpo, incluindo o pescoço. Ele atua na reestruturação da derme, onde se localizam as fibras elásticas e colágenas. Melhora a qualidade e a textura através de sua ação de hidratação profunda. O efeito ocorre de maneira gradual e o número de sessões varia de acordo com o nível de flacidez da pele de cada paciente.