Funcionamento: Segunda a Sexta das 09h00 as 19h00
Ligue 11 5571 8777 | Whatsapp: (11) 98920-4546

Acne ou espinhas

Acne

O que é

Acne ou espinha é uma obstrução dos poros da pele que leva a formação de pontos negros ou brancos (cravos ou comedões) além de inflamações com o aparecimento de pústulas ou espinhas e, nos casos mais graves, podem levar à formação de nódulos e cistos.

Ocorre principalmente no rosto, colo, pescoço, dorso e ombros. Mais conhecida por acometer adolescentes, a acne também aparece em adultos até os 40 anos. Na maioria dos casos a acne pode se curar sem tratamento ao longo dos anos, mas muitas vezes deixa cicatrizes que não apareceriam com tratamento precoce e contínuo.

Tratamento

O tratamento da acne é um processo contínuo e lento e o resultado vem no decorrer de semanas. O dermatologista faz a avaliação do tipo de acne e recomenda o melhor tratamento que pode ser de uso oral ou tópico,  com duração de 2 ou 3 meses.

Muitas vezes o uso de loções, maquiagens ou outros medicamentos podem causar erupções semelhantes à acne, portanto é importante informar o médico o tipo de produto que tem usado na pele.

Tipos de tratamento

Tratamentos Tópicos

Alguns cremes, loções ou géis a base de ácidos, vitamina A, peróxido de benzoíla ou antibióticos podem ser recomendados pelo dermatologista para o tratamento da acne. Este tipo de tratamento ajuda a desbloquear os poros e a reduzir a quantidade de bactérias nas lesões.

Como efeito secundário, pode ocorrer ressecamento, vermelhidão e descamação da pele. Tais sintomas também deverão ser tratados pelo dermatologista.

Tratamentos Estéticos

Limpeza de pele: auxilia a remover os pontos negros e brancos. Mas atenção, o paciente deve evitar ele próprio manipular a pele pois isso pode causar ainda mais inflamações, inchaço e cicatrizes.

Microdermoabrasão: atua na remoção das camadas superiores da pele, ajudando a corrigir irregularidades da superfície e contornos, gerando uma nova camada de pele saudável.

Peelings Químicos: são tratamentos suaves ou mais fortes, dependendo da concentração de ácido salicílico ou glicólico utilizada. Ajuda a desbloquear os poros, abrir os pontos negros e brancos e estimula o crescimento de uma nova pele.

Tratamento Oral

Antibióticos por via oral são comumente receitados no tratamento da acne e suas dosagens podem variar de acordo com o tratamento.

Outro tipo de tratamento via oral no caso de mulheres pode ser através de anticoncepcionais que ajudam na diminuição do aparecimento de novas espinhas pois ajudam a regular os hormônios femininos e masculinos. No caso de utilização de anticoncepcionais juntamente com antibióticos é necessário o acompanhamento de um ginecologista para o controle de natalidade, pois alguns antibióticos podem diminuir a eficácia do anticoncepcional.

Nos casos em que nem antibióticos e nem anticoncepcionais sejam eficazes, recomenda-se a utilização da isotretinoína. Essa medicação é bastante eficiente em quadros mais graves de acne, mas recomenda-se atenção aos efeitos secundários. É necessário visitar regularmente o dermatologista para avaliação. A prevenção de gravidez é obrigatória nesses casos pois pode causar má formação do feto.

Tratamento para cicatrizes

É possível tratar a acne e suas cicatrizes mediante a terapia fotodinâmica. A luz de comprimento azul como encontradas nos LEDs pode ser utilizada para o tratamento das lesões inflamatórias.

O dermatologista pode tratar as cicatrizes de acne com o uso de uma série de métodos. As que deixam marcas elevadas podem ser aplainadas com a restauração com laser, abrasão cirúrgica, peelings químicos e eletrocirurgia. Nas marcas deprimidas (buracos) faz-se aplicação de preenchedores para elevar as cicatrizes, ou o micro-agulhamento que estimula a produção de novo colágeno. A revisão das cicatrizes com microexcisão ou técnica de aplicação de enxertos podem corrigi-las. A combinação de outros tratamentos dermatológicos e cirúrgicos pode melhorar consideravelmente a aparência da pele.