Funcionamento: Segunda a Sexta das 09h00 as 19h00
Ligue 11 5571 8777 | Whatsapp: (11) 98920-4546

Dermatite Atópica

Dermatite Atópica

O que é

 

A dermatite atópica, também denominada eczema ou inflamação da pele, é de natureza constitucional, isto é, pessoas que têm tendência a alergia ou pele sensível. Associada a rinite alérgica em muitos casos. Tal condição acomete cerca de 20% da população em diferentes fases da vida.

Na maioria dos casos a dermatite atópica se inicia na infância e sua gravidade é variável. As áreas mais afetadas pela dermatite atópica são as dobras atrás dos joelhos (região poplítea) e a parte da frente dos cotovelos.
Nos adultos a dermatite atópica é mais comum nos pés e nas mãos. Caso não seja tratada, a dermatite atópica pode acarretar maior risco de infecções de pele. Também é comum o desenvolvimento de febre do feno e asma, manifestações de natureza alérgica paralelas.

Não é doença contagiosa e tampouco possui cura, devendo ser tratada constantemente no decorrer da vida.

Causas

As causas da dermatite atópica são desconhecidas, mas fatores como a predisposição genética, sistema imunológico com disfunções, questões relacionadas ao ambiente ao qual somos expostos e mudanças em relação a permeabilidade da pele podem desencadear a dermatite atópica.

Habitantes de cidades que possuem clima seco são mais suscetíveis a apresentarem dermatite atópica. Pessoas que possuem contato frequente com determinados produtos químicos ou se banham com sabonetes mais cáusticos podem apresentar piora dos sintomas.

Sintomas

Os principais sintomas da dermatite atópica são vermelhidão, coceira, inchaço e pele rachada. É comum que as áreas afetadas manifestem um líquido claro que pode se tornar viscoso, indicando infecção.

Tratamento

O tratamento da dermatite atópica está também em evitar práticas que podem piorar o quadro como o banho quente e prolongado, uso de perfumes, uso de roupas de lã, contato com cloro e fumaça de cigarro.

Outras práticas são recomendadas pelos dermatologistas para aliviar os sintomas da dermatite atópica como: usar sabonetes de glicerina ou suave, usar cremes hidratantes com frequência e pomadas de corticóides. As crises de prurido, ou coceira, deverão ser tratadas com medicamentos orais antialérgicos ou anti-histamínicos. Algumas pessoas apresentam melhora com o uso de fototerapia ou exposição ao sol.

Caso essas medidas não sejam eficazes, o dermatologista poderá indicar o uso de comprimidos orais ou cremes esteróides. Em caso de infecções bacterianas o médico indicará o uso de antibióticos que serão aplicados na forma de pomada sobre a pele ou por via oral.

Em alguns casos a dermatite atópica pode estar associada com alergia a algum alimento. Nessa circunstância uma dieta será aconselhada.