Funcionamento: Segunda a Sexta das 09h00 as 19h00
Ligue 11 5571 8777 | Whatsapp: (11) 95628-5959

A flacidez que acomete a face também atinge outras partes do corpo. Entretanto, em algumas regiões, essa flacidez fica mais evidente, gerando muito incômodo É o caso da região abdominal e, mais especificamente, o umbigo. Quando essa área fica com a pele mais frouxa, chamamos de umbigo triste.

 

A causa do umbigo triste pode estar relacionada com o estilo de vida da paciente. Hábitos como alimentação pobre em antioxidantes, falta de exercício físico, excesso de sol, tabagismo e álcool, contribuem a longo prazo para o desenvolvimento da flacidez corporal.

 

Outras causas mais pontuais são mais frequentes e podem desencadear o umbigo triste. Confira a seguir:

 

Gravidez:

 

Durante a gravidez a pele da barriga aumenta muito de tamanho e, ao voltar ao normal depois do parto, pode perder um pouco da elasticidade. Nesse processo ocorre um acúmulo de pele ao redor do umbigo.

 

Cirurgias:

 

Procedimentos cirúrgicos como a lipoaspiração ou a cirurgia bariátrica podem resultar num excesso de pele em volta do umbigo. Ao retirar a gordura da região, a pele fica sobrando, deixando o umbigo com aparência de caído.

 

Emagrecimento

 

Assim como nos outros casos, o emagrecimento pode resultar no acúmulo de pele abdominal no umbigo. Essa situação é mais comum quando a paciente perde uma grande quantidade de peso.

 

 

Tratamentos para umbigo triste:

 

Se você se encaixou em alguma das situações citadas acima não se preocupe. Não é preciso passar por cirurgia para tratar o umbigo caído. Existem alguns procedimentos estéticos que podem ser feitos juntos ou separados e geram resultados bastante satisfatórios.

 

Fios de sustentação:

 

Existem basicamente 2 tipos de fios de sustentação e a a utilização de cada um vai depender do grau de flacidez de cada paciente.

 

Fios silhouette:

 

Os fios silhouette além de estimular a produção de colágeno a médio prazo, produz um lifting imediato. Isso ocorre devido as garras presentes no comprimento do fio que ajudam a colocar a pele no lugar. Por isso, o silhouette é usado para casos de flacidez mais avançada. Nesse tipo de procedimento é recomendado o uso de 4 fios.

 

Fios PDO:

 

O fio de polidioxanona é um poderoso estimulador de colágeno. Ele age a médio prazo e, diferente do silhouette, não produz o lifting. Esse tipo de fio é indicado para flacidez leve ou até mesmo para prevenir o aparecimento dela.

 

Ultrassom microfocado:

 

Ultrassom microfocado é um procedimento que utiliza o calor como forma de promover a contração das fibras de colágeno. Desta forma ele promove a redução da flacidez e um lifting no local da aplicação. Além disso, uma contração muscular ocorre logo após a sessão e causa um efeito de lifting imediato. Após alguns meses, quando o corpo atinge o máximo de sua produção de colágeno, é possível observar uma melhora significativa da flacidez do umbigo

 

 

Bioestimulador de colágeno Sculptra

 

O Sculptra estimula os fibroplastos a produzirem o colágeno. Como sua atuação é de dentro para fora, seus efeitos começam a aparecer após algumas semanas. É possível que, logo após a aplicação, voce note uma melhora imediata, devido ao inchaço causado pelas injeções. Depois de alguns dias esse efeito desaparece gradualmente e, aos poucos, o resultado verdadeiro do Sculptra começa a surgir. O número de sessões vai depender do grau de flacidez de cada um. A vantagem do sculptra é que o ácido polilático presente na composição é biocompatível, sendo eliminado do organismo depois de alguns meses. Outra vantagem é a duração. Os efeitos podem ser sentidos até 18 meses após o tratamento.

 

Prevenção do umbigo triste

 

Para prevenir o aparecimento da flacidez na região do umbigo , é importante manter uma rotina de exercícios que fortaleçam os músculos da região e também ter um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada, evitando sempre a variação extrema de peso que pode contribuir para a perda de elasticidade.