NOVIDADES

Fios de PDO no rosto: para que serve e onde podem ser usados

Os fios de PDO fazem parte da categoria de fios de sustentação que vem revolucionando o tratamento para flacidez facial. Além de provocarem uma super produção de colágeno, são biocompatíveis, absorvíveis pelo organismo e os resultados são naturais.

Neste post, vou explicar o que são, para que servem e onde podem ser usados os fios de PDO.

O que são Fios de PDO?

Os fios de PDO são feitos de polidioxanona, mesma substância que compõe o bioestimulador Sculptra.  O material é sintético e totalmente absorvível pelo organismo. O tratamento com fios de PDO é recomendado para pacientes que necessitam de uma grande produção de colágeno

Assim como no caso dos bioestimuladores, os resultados são sentidos em algumas semanas quando a produção de colágeno se torna mais intensa e visível.

Tipos de fios de PDO

Existem diversos tipos de fios de PDO no mercado de estética. Cada um possui características e finalidades específicas. Os principais são:

  • Fios lisos: podem ser aplicados em todas as regiões da face, inclusive nas mais delicadas como as pálpebras. Usado para melhora da flacidez e da qualidade da pele. Não provoca uma volumização e é muito seguro. Dependendo da área, podem ser utilizados até 15 fios para uma maior produção de colágeno.
  • Fios espiculados: possuem pequenas garras em sua extensão que, além do estímulo de colágeno, proporcionam um efeito lifting logo após a sua inserção.
  • Fios parafuso: seu formato promove um efeito preenchedor sutil, além da produção do colágeno.

Como é feito o procedimento com fios de PDO?

O tratamento com fios de PDO é feito no consultório do dermatologista com anestésico local. Depois de uma análise da face do paciente, o médico define quantos fios serão necessários e onde serão colocados.

 A inserção dos fios é feita com uma agulha ou cânula finas ( agulha sem ponta)  na camada subcutânea. O procedimento dura em torno de 40 minutos e não deixa marcas ou cicatrizes no local.

Quando o fio espiculado é utilizado, o efeito lifting ocorre logo após a retirada da agulha. Se a finalidade é somente a produção de colágeno, com o uso de fios lisos, o resultado vem a partir de algumas semanas após o tratamento.

O retorno às atividades cotidianas pode ser feito no mesmo dia. Podem surgir pequenos hematomas no local da aplicação do anestésico que são facilmente disfarçados com base.

Quanto tempo duram os efeitos? 

A duração da produção de colágeno proporcionada pelos fios de PDO é de 6 a 8 meses.  Passado esse período, os ganhos não são perdidos. No entanto, o processo de envelhecimento natural do corpo continua. Por isso, deve-se avaliar junto a um médico dermatologista a necessidade de se refazer o procedimento ou associar com outras técnicas.

Para quem os fios de PDO são indicados?

Apesar das pessoas procurarem procedimentos para melhora da flacidez facial ao surgirem os primeiros sinais, os fios de PDO podem ser usados em pacientes mais jovens para adiar o surgimento da flacidez.

Onde os fios de PDO podem ser usados?

Os fios de PDO podem ser usados praticamente em todas as áreas do rosto que apresentem ou possam vir a apresentar sinais de flacidez.

Os principais usos são:

Fios de PDO para glabela

A aplicação de fios de PDO para tratar a ruga glabelar, é uma opção para os casos em que o sulco é muito profundo. 

 A escolha do fio vai depender da pele do paciente, se grossa ou fina, e da profundidade do sulco. Nas rugas mais profundas aplicam-se fios mais espessos como  o parafuso, por exemplo, que também atuam como preenchedores.

É possível aplicar até 10 fios de uma vez e até um sobre o outro para casos graves. O resultado do tratamento é percebido algumas semanas após a aplicação, quando a produção de colágeno é mais intensa.

Para esse protocolo também é necessária a aplicação de toxina botulínica para a paralisação do músculo. Caso contrário, acontece a extrusão dos fios com a movimentação facial.

Fios de PDO para olheiras

Na região das olheiras, são utilizados de 2 a 4 fios de cada lado. O tipo de fio para essa região é o parafuso que também tem o efeito preenchedor.

Fios de PDO para papada

Esse tipo de fio é indicado para papada em estágios iniciais e pode servir como procedimento de prevenção ou para postergar o surgimento do papo. Quando existe um acúmulo de gordura na região, deve ser feito um tratamento com enzimas para eliminar esse excesso antes de aplicar os fios.

Fios de PDO para bigode chinês

Os fios PDO são mais indicados para as rugas nasolabiais menos severas. Em casos mais avançados deve-se usar uma combinação de procedimentos.

Fios de PDO para contorno facial

Os fios de PDO podem ser usados para a recuperação dos contornos faciais em caso de flacidez leve ou moderada. Para melhores resultados podem ser associados com o uso de bioestimuladores de colágeno.

Fios de PDO para o pescoço

Combatem a flacidez do pescoço em estágios iniciais.Podem ser usados até 4 fios de cada lado.

Fios de PDO para sobrancelha 

Podem ser usados de 2 a 4 fios de cada lado do rosto. O efeito proporcionado é uma elevação das sobrancelhas, ampliando o olhar e rejuvenescendo a expressão facial. Devem ser feitos em associação a toxina botulínica.

Foxy eyes

Procedimento popular entre modelos e celebridades, o foxy eyes ou olhos de raposa consiste numa elevação da ponta extrema da sobrancelha, deixando os olhos com um formato mais alongado e amendoado. O resultado é um olhar mais sensual. Deve ser feito em conjunto com a toxina botulínica.

Fios de PDO ou silhouette: qual a diferença?

Os fios de PDO são menores e, mesmo os espiculados, proporcionam uma tração mais sutil que o fio silhouette. Este, por sua vez, tem um efeito lifting mais poderoso e sua duração é de até 2 anos. Para melhores resultados, os dois tipos de fios podem ser feitos em associação.

Quer saber se o fio de PDO é indicado para o seu caso? Agende uma avaliação conosco!

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Facebook
Twitter
LinkedIn
Scroll to Top
× Olá, como podemos ajudar?